domingo, 26 de fevereiro de 2012

Meus Versos

Sou os versos solto de um poema
Fragmentos de uma vida dia a dia
Poderia chamar-me apenas Maria
Chamo-me também Iracema.

Iracema rima com poema
É arte do destino ser intensa
De tanto sentimento ser estrema
O coração é minha presença.

Sonhar a noite para acordar
Acordar o dia para sonhar
Viver de sonhos e fantasia.

Quem entende uma alma assim
Sentir com o coração até o fim
Uma explosão de sentimentos e poesia.

Iracema Patrício

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Onde Mora a Saudade

Diga-me onde mora a saudade?
Eu direi que mora dentro de mim
Fez em meu coração uma amizade
E de mãos dadas permanecem assim.

Das lembranças do tempo de outrora
Minh’ alma soluça lágrimas sutilmente
Tempo que não volta e foi embora
De um passado ainda presente.

Em dias de solidão como agora
Dói o peito ao me recordar
Dos momentos, de tão belas horas.

Quanta vezes quis o tempo parar
Ele não me deu chance para o segurar
Fugiu das minhas mãos para não mais voltar.

Iracema Patrício

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Recadinho

Estou lhe enviando um recadinho
São poucas palavras pra lhe dizer
É apenas um bilhetinho
Contando meu segredo pra você.

Nele vai todo meu carinho
Sinto-me uma adolescente ao escrever
Vou colocar no bico de um passarinho
Que voará ao seu encontro com prazer.

O passarinho lhe entregará
Leia com carinho, por favor,
Tem a beleza de um grande amor.

Como adolescente vou esperar
Sua resposta com muita emoção
E no peito bater forte meu coração.

Iracema Patrício
Minha Poesia

Uma musa sonhei ser um dia
Para algum poeta inspirar
O tempo passou sem uma poesia
Nenhum poeta para me admirar.

Como em um conto encantado
Sonhei com a eterna felicidade
E o tempo passou ao meu lado
Hoje somente a realidade.

Agora sou eu que faço a minha poesia
Para meu encanto e alegria
Com um poeta já não sonho mais.

A vida é a minha inspiração
A alegria, o sofrimento e a solidão
E uma alma que é sensível demais.

Iracema Patrício

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Soneto em Sinfonia

Quero escrever um lindo soneto prá você
Sem rimas, nem métricas, nem complicação
Com palavras doce para se ler
E confessar todo amor do meu coração.

Na medida certa do meu bem querer
Ficará lindo como uma canção
Será a sinfonia que vou lhe oferecer
Escute, ela traz a minha confissão.

A sinfonia que fiz vai com o meu carinho
Que no silêncio da uma noite distante
Será sua companhia prá não ficar sozinho.

É para você este soneto em sinfonia
Receba com o coração saltitante
Ele leva os encantos do amor com sua magia.

Iracema Patrício

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Encontro

Anos e Anos fui ao teu encontro
Te procurei nas esquinas do vento
Cruzei oceanos, mares e o tempo
Tu fugiste, foi só desencontro.

Secretamente te busquei a chorar
Este amor me deixou uma refém
Nenhum abraço para me consolar
Não consigo amar mais ninguém.

Hoje faço versos para te oferecer
Eles são meus sonhos, minha companhia
De tanta solidão que é meu viver.

Volta, em silêncio sempre te espero
Traz para meu coração a calmaria
Não foges, vem que ainda te quero.

Iracema Patrício
Namoro do Século XXI

A cinderela estava na net a navegar
Surgiu um lindo príncipe que parecia real
Os dois começaram a se enamorar
É o namoro do Século XXI no universo virtual.

Longas conversas e muita declaração
Até ciúmes das outras amigas também
Neste namoro moderno é muita emoção
No entanto, não esquecer do porém...

Porém pode ser tudo fantasia
Duas almas que sonham uma ilusão
Para vencer a carência do dia a dia.

Porém pode ser um verdadeiro amor
Que bate no mesmo acorde do coração
Que somente o tempo é quem irá compor.

Iracema Patrício

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Te Quero

Te quero porque te quero,
Não sei explicar por que te quero
Te quero como amigo e como amante
Penso em ti a todo instante.

Tu és a poesia do meu viver
Não sei explicar o por quê?
Te quero na realidade e na fantasia
Penso em ti toda noite e todo dia.

Te quero e nada mais importa
Tu és a esperança que me conforta
Navegar em seu porto eu quero
Tu és a vida, o norte que eu espero!

Te quero e nem quero pensar
Se é apenas um momento que passará
Só sei que te quero não dá prá negar
Deste sonho infinito não quero acordar.

Iracema Patrício