terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Último Encontro

Hoje quero apenas escrever
Não obedecer métrica, nem rima
Falar do meu amor por você
Dos meus sonhos de menina...

Foi só meu este amor
Nenhuma esperança, somente dor
Despediu-se com o ano que findou
Nenhuma palavra, apenas calou.

Meu coração ainda chora
Este amor tão fulgaz, que foi embora
Apenas em sonho senti o seu perfume
Nem andei de mãos dadas como é costume.

Restou a saudade do que não foi meu
Somente meus sonhos e o desejo
De um último encontro você e eu
E Provar do beijo que nunca me deu.

Iracema Patrício

Nenhum comentário:

Postar um comentário