quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014


PERDI - ME

Perdi-me no espelho da vida
O rosto de outrora já não vejo mais
Nas fotos uma teimosia em mostrar
Vidas e imagens que teimam em ficar.

Perdi-me no sorriso do tempo
Passaram- se anos e o vento
Foi levando ao encontro do infinito
A alegria de sentir-se bonito.

Perdi-me nas asas dos sonhos
Foram as fantasias do irreal
Que voaram nas tramas do destino
E aterrissaram na busca de um ideal.

Perdi-me no compasso do momento
De um passado refém de um tempo
E na vida a urgência da hora
De viver os sonhos de agora.

Iracema Patrício

Um comentário:

  1. CONVITE
    Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir