quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Seu Silêncio

Você me pediu prá eu escrever
O mais sublime poema ofereci prá você
Foi o fruto do meu amor, da minha emoção
Você não respondeu para o meu coração.

No meu singelo verso escrevi o bem querer
Falei que o quero, não dá prá esconder
O seu silêncio deixou-me no chão
Fez-me entender qual a sua decisão.

Apenas fui eu que senti este amor
Prá você foi um sonho distante
Não quis enfrentar, não quis sentir dor.

Hoje, tento escrever a história prá entender
Se foi somente um sonho de uma viajante
Que viaja em caminhos a procura de ser...

Iracema Patrício

Nenhum comentário:

Postar um comentário