domingo, 4 de dezembro de 2011

Tempo de Sonhar

Quisera saber o que sei agora
No tempo de sonhar,
Quisera saber a hora
Se era hora de parar.

Sonhei tanto, que perdi o tempo
Sonhando em acreditar
E os sonhos se foram ao vento
Voaram prá não mais voltar.

Hoje, Tempo de sonhar jamais
Passou, ficou prá traz
Sonho é tão fugaz!
Vivo o momento e nada mais.

Iracema Patrício

Um comentário:

  1. É uma linda noite de dezembro
    Sinto as energias lunares vibrarem
    Converso com as estrela
    E peço-lhes para me escutarem,

    Sinto o doce perfume de flores
    Querendo me penetrar
    Meus pensamentos vagueiam
    Estão prontos pra sonhar.

    Ancoro em teu porto
    Desembarco no caís de tuas doçuras
    Teu sorriso dá-me as boas-vindas
    Tudo em ti é ternura.

    Teus abraços me esperam
    Teus beijos também
    Sorrio...pois mesmo em sonhos
    É lindo ter alguém.

    O tempo de sonhar não pode passar nunca
    Deve ser sempre eterno em nosso viver
    Pois quem para de sonhar
    De alguma forma começou a morrer,

    ResponderExcluir